Moscadeira: árvore da noz-moscada e do macis

Fruto da moscadeira recém colhido.

A moscadeira (Myristica fragans) é uma árvore da das Myristicaceae, nativa das ilhas Molucas, na indonésia, que pode atingir até 15 metros de altura.

Moacadeira (Myristica fragans).
Noz-moscada para plantar e colher 
Esta planta produz a noz moscada, especiaria versátil para doces e salgados, empreagada na perfumaria (moscada quer dizer aromática) e tabacaria, usada desde os antigos povos romanos. Ah, essa todo mundo conhece... Mas, ao menos no Brasil, uma outra especiaria produzida por esta ávore não é assim tão conhecida: o macis.
Noz-moscada, a semente da moscadeira

Macis visto de duas formas: no fruto, ainda evolvendo a semente e se desprendendo dela.

Nozes-moscadas recém extraídas do fruto.
Macis é um arilo (cobertura carnuda) na cor laranja-avermelhada que cobre a casca da noz-moscada. Para extrair o macis, é necessário deixar a noz-moscada secar durante algumas semanas. O processo de extração é feito manualmente e requer tempo e alguns cuidados. Após a retirada da semente, o macis também é submetido a secagem natural, para assim ser prensado e virar o pó pronto para o uso.


Macis seco naturalmente
As culinárias que mais utilizam o macis são as Índia e da China, em pratos doces e salgados. Na Europa, é frequente ver o macis no puré de batata e na culinária da Itália em diversas massas e pratos de carne. Seu uso em conjunto com açúcar ou mel era usados pelo povos antigos.
Macis em pó








Até meados do século XIX a única fonte mundial de noz-moscada eram as pequenas ilhas Banda nas Molucas, Indonésia. E a demanda pelo produto em toda a Europa era enorme. O que fazia dela uma das especiarias mais valorizadas do mundo.


Leia também:
Noz-moscada, a semente da moscadeira
Noz-moscada para plantar e colher 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente...